Global AgeWatch Índice | ILC BRASIL – Luso

0
Rate this post

Pessoas idosas desses países gravaram sempar vídeo onde transmitem em 10 segundos uma advertência em resposta à inquisição “o que o seu país pode satisfazer pelas pessoas idosas?” O Brasil foi representado no vídeo por Maria da Penhasco Destapado, de 81 anos, membro do Conselho Estadual para Reduto dos Direitos da Criatura Idosa – Cedepi, do Situação do Rio de Janeiro. Link para o vídeo: http://www.helpage.org/global-agewatch/ Índice analisa o envelhecimento global na gazeta anual da HelpAge International, o Global AgeWatch Index, lançado na última terça-feira,  dia 8 de setembro, na cobiça da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York. O lançamento foi marcado por sempar polémica sobre as informações veiculadas pelo Index, com participação de Toby Porter, CEO da HelpAge International. O polémica introduziu o Index e discutiu encaminhamentos para as Metas de Crescimento Sustentável (Sustainable Development Goals – SDGs), que incluem questões relacionadas ao envelhecimento populacional, “refletindo o crescente reconhecimento do envelhecimento da população porquê fator de transformação de nosso esfera e criando ensejo para o melhor alinho de agora em diante”, ressaltou Toby Porter. Alexandre Kalache, médico, gerontólogo, presidente do ILC-BR e co-presidente da Confederação Global de ILCs, considera que “o Global Age Watch Index mostra sempar Brasil estacionário no ranking dos países onde é melhor envelhecer. A mudança de duas posições no ranking não significa que o ano foi humano.”